O Petisco é uma irresistível instituição Alentejana. Quem não ouviu já falar dos pequenos “pratinhos” – tão grandes em sabor – à volta dos quais se juntam amigos em amena cavaqueira, desfrutando do melhor e do mais genuíno que a terra e o mar têm para dar?

As receitas são centenárias, passadas amorosamente de Mãe para filha: os torresmos, os pimentos e os cogumelos assados, as saladas de grão e bacalhau ou de polvo, a orelha ou o fígado de coentrada – entre muitos – todos perfumados com ervas do campo e regados com o melhor dos vinhos tintos.

Saiba mais sobre a Rota do Petisco aqui no site.